Da entrada à sobremesa, saiba como aproveitar a ceia de Natal sem sair da dieta | Chic

0
4683


Afinal, é possível aproveitar a ceia de Natal sem sair daquela dieta que deu tanto trabalho para começar? Quem está se preparando para o Réveillon e quer manter a forma ou perder alguns quilinhos até o fim do ano pode, sim, aproveitar o jantar com a família sem dar prejuízo no controle.

Segundo a nutróloga Liliane Oppermann, não é aconselhável que a pessoa se prive de comer todas as gostosuras das festas. “O Natal e o Réveillon fazem parte da nossa cultura. É importante que uma vez ou outra a gente se libere, mas o ideal é que seja sempre em poucas quantidades e sempre tentando compensar em outras refeições”, explica.

A nutricionista Sheila Mustafá reforça a importância de aproveitar a noite de Natal sem peso na consciência e mostra que com alguns cuidados é possível fazer isso sem fugir da dieta. Veja as dicas das especialistas:

1. Estômago vazio, nem pensar

“Faça as refeições do dia normalmente em vez de ficar sem se alimentar o dia inteiro para comer mais na ceia”, alerta Liliane. “Isso só vai te fazer engordar mais.”

2. Atividade física

“Não deixe de fazer sua atividade física nesses dias, nem que seja uma caminhada leve, assim seu metabolismo ficará funcionando o dia todo”, explica Liliane Oppermann.

3. Antes da festa

“Faça um lanche saudável antes de sair de casa, que vai te ajudar a se controlar diante das opções”, diz Sheila Mustafá.

“Crie seu lanche usando proteínas, ervas e especiarias. Atum, tofu, azeitona, cottage, ricota, pimenta vermelha, tomate, azeite, salsinha, brotos, pão integral ou tapioca são algumas opções que ajudam a saciar a fome.”

4. Petiscos

“Evite ficar beliscando pãezinhos, patês, castanhas, amendoim, salgadinhos e queijos, que são todos bem calóricos”, explica Liliane.

5. Alternativas

“Se tiver tempo, prepare entradas com carpaccio de abóbora, carne, peixe, oleaginosas (castanhas, amêndoas. macadâmias…), frutas desidratadas e não cristalizadas”, ensina Sheila.

“Componha com palitos de cenoura, pepino, erva doce, salsão. Coloque 100ml de água gelada e uma pitada de sal num copo de 300ml e acomode os palitos, isso vai os deixar mais mais crocantes.”

6. Na ceia

O segredo é selecinoar os pratos que mais gosta e comer uma pequena quantidade de cada, segundo Liliane. “Abuse da salada de folhas para manter uma maior saciedade. Pode acrescentar cenoura, cebola e outros vegetais, se quiser. Cuidado com os molhos para salada e suas quantidades.”

7. As carnes

Entre as opções tradicionais da ceia de Natal, a nutricionista Sheila Mustafá recomenda optar pelo peito de peru. “É uma das alternativas menos calóricas, carne magra e com uma maior quantidade de proteínas com cerca de 166 calorias a cada 100 gramas. Já o tender é processado e defumado em madeira, apresenta muito sódio e valor calórico de 170 calorias, na mesma poroporção. O lombo tem baixo teor de gordura e por isso se torna mais seca e tem valor calórico de 210 calorias. Peixes, como o bacalhau, também servem como uma boa opção.”

8. Acompanhamentos

“A maioria dos acompanhamentos são sempre carboidratos, como arroz, massa, farofa, cuscuz e tortas. Escolha apenas um e coloque uma pequena quantidade no seu prato”, explica Lilian.

9. Bebidas

“Fuja dos destilados, batidas com leite condensado, chopp e cerveja, que são calóricos e podem atrapalhar sua dieta. Prefira espumante ou prosecco e vinho, que são menos calóricos”, alerta Sheila.

“Mantenha a hidratação com água aromatizada: além de ser decorativa, te estimula a tomar mais água. Coloque canela, hortelã, maçã ou hortelã, gengibre e limão ou algumas folhinhas de boldo com rodelas de limão, se for tomar a água depois da refeição.”

10. Sobremesa

“As frutas da estação podem e devem ser adicionadas ao seu cardápio. Pêssego, uva, ameixa, melão e melancia são algumas das opções. Atenção às frutas secas, nozes, amêndoas e castanhas – apesar de saudáveis, são muito calóricas”, explica Liliane.

Uma opção: “O ideal é fazer alguma receita que tenha menos gordura, priorizando frutas ou chocolate amargo, por exemplo. Os panetones são um dos doces mais calóricos existentes, portanto, evite ou consuma apenas um pedaço na véspera. Nesse caso, tente compensar ainda mais na refeição principal.”

 

 





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here