Quer envelhecer melhor? Aprenda a perdoar | Longevidade: modo de usar

0
4339


A vida dá solavancos que não podemos evitar, mas há muitas decisões que cabem somente a nós e farão toda a diferença na trajetória de cada um. Ano passado, mais ou menos nessa data, escrevi uma coluna sobre agradecer. Gratidão é fundamental para envelhecer bem, mas aprender a perdoar também é indispensável – do contrário, o rancor e o ressentimento continuarão corroendo a paz de espírito. Pior: é como se ficássemos encalhados, como um barco preso num banco de areia, sem conseguir navegar por outros mares, fazer novas descobertas.

Um estudo publicado em 2011, “Forgive to live: forgiveness, health, and longevity” (“Perdoe para viver: perdão, saúde e longevidade”), mostra a relação entre perdoar incondicionalmente, sem exigir o pedido de desculpas do outro, e viver mais e melhor. O corpo agradece: o nível de estresse baixa, a pressão arterial e o sistema imunológico se beneficiam quando abrimos mão do ressentimento e do desejo vingança – principalmente, nos tornamos mais capazes de perdoar a nós mesmos – mesmo quando há feridas profundas, como as causadas por assédio sexual ou moral e que demandam ajuda psicológica e psiquiátrica.

É da natureza humana se apegar e ficar ruminado as experiências ruins, mas podemos dar uma mãozinha ao nosso próprio processo evolutivo. Se não temos o poder de aniquilar os sentimentos negativos, podemos aprender a superá-los. Há estudos que apontam o efeito benéfico de manter um diário para expressar e trabalhar as emoções. Depois de escrever sobre o que o (a) aflige, reescreva essa história, como se fosse um observador neutro, ou se imagine como um amigo ou amiga: que conselho daria para apaziguar essa dor, esse ódio? O exercício pode ser útil para sair do piloto automático estacionado no modo “raiva” – que, a longo prazo, traz mais danos para quem mantém esse espinho dentro de si. Aproveito para compartilhar trecho do poema “Recomeçar”, de Carlos Drummond de Andrade, que trata inclusive de perdão:

Não importa onde você parou…

em que momento da vida você cansou…

o que importa é que sempre é possível e

necessário “Recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…

é renovar as esperanças na vida e o mais importante…

acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?

Ficou com raiva das pessoas?





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here