Detectadas 60 mil estruturas maias ocultas no norte da Guatemala | Ciência e Saúde

0
5758


Um escâner de alta tecnologia detectou 60 mil estruturas arqueológicas maias no norte da Guatemala, ocultas sob o solo e a floresta densa, informaram nesta quinta-feira (1º) pesquisadores e autoridades locais.

As relíquias foram encontradas nos dois últimos anos com tecnologia LiDAR (Light Detection And Ranging), que por meio de sensores em uma aeronave escaneou 2,1 mil km² no estado de El Petén, na fronteira com o México e Belize, disse em coletiva de imprensa o americano Marcello Canuto, um dos diretores do estudo.

Entre as descobertas estão novos centros urbanos com calçadas, casas, terraços, centros cerimoniais, canais de irrigação e fortificações, entre outros, detalhou Canuto, arqueólogo da Universidade de Tulane, nos Estados Unidos.

As medições e elaborações de mapas foram feitas em nove sítios e arredores, estudados pela Fundação Patrimônio Cultural e Natural Maya (PACUNAM), uma entidade financiada pela iniciativa privada na Guatemala e doadores estrangeiros.

Uma das revelações do estudo foi a localização de uma nova pirâmide de 30 metros, que havia sido identificada como um morro natural em Tikal, o principal sítio arqueológico do país centro-americano. Também foi situada um sistema de fosso e muralha de 14 km no mesmo local.

“Agora não é necessário cortar a mata para ver o que há por baixo”, afirmou Canuto, ao qualificar a investigação como uma “revolução na arqueologia maia”.

Segundo o especialista, o sistema LiDAR permitiu detectar em um curto prazo descobertas que teriam exigido décadas com a arqueologia tradicional.

Além disso, o estudo sugere que em seu auge estas terras baixas maias foram ocupadas por dez milhões de habitantes, uma população “muito maior” que a das estimativas anteriores.

As revelações do estudo serão exibidas em um documentário que estreará em 11 de fevereiro pelo canal de televisão da National Geographic, acrescentou o ministro da Cultura e Esportes, José Luis Chea.

A cultura maia teve seu esplendor no chamado período clássico até que entrou em uma etapa de decadência no pós-clássico, entre os anos 900 e 1200 d.C.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here