Principais Benefícios do Nabo, propriedades e como fazer!

0
3995


Veja porque o nabo precisa estar presente em sua dieta diária e ainda dicas de como preparar de forma saudável.

Nabo é um vegetal muito consumido no mundo todo, especialmente na Europa e na Ásia, onde há indícios da sua origem.

Pertencente à família das Brassicaceaes, ele é altamente nutritivo e fundamental para a dieta humana como um todo, com a vantagem de ser pouco calórico, ideal para quem precisa perder ou manter o peso.

No artigo de hoje, separamos uma série de informações importantes à respeito desse vegetal tão importante para a nutrição corporal, além de ser excelente como acompanhamento em diversos pratos. Confira logo abaixo tudo que separamos!

Origem do Nabo – A história por trás do vegetal

O Nabo é um vegetal que está presente na história do mundo de forma bem diferente do que estamos acostumados atualmente.

Há indícios de que os gregos e os romanos utilizam a planta como uma forma de adoçar os pratos mais picantes, já que na época a cana de açúcar ainda não existia.

Com esse diferencial para os outros vegetais, o Nabo ganhou toda a Ásia, a Europa e posteriormente o mundo todo, se tornando popular entre os chefs de cozinha e os amantes da gastronomia.

Aqui no nosso país, ele teve que ser importado justamente dos Europeus, por volta de 1500 e, desde então, passou a fazer parte do dia-a-dia dos povos nativos para outras finalidades além de adoçar as receitas.

Altamente nutritivo, o nabo é cada vez mais pesquisado por médicos e nutricionistas, com bons resultados.

Utilidades e como fazer

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Há inúmeras utilidades para o nabo, desde acompanhamento de saladas até pratos mais sofisticados como peixes, por exemplo.

O nabo tem um sabor bem adocicado que lembra um rabanete quanto está cru e um sabor parecido com o de uma batata quando está cozido.

 É possível assar, refogar e até mesmo fritar o vegetal, embora a última opção não seja a mais saudável de todas.

Se o seu objetivo for emagrecer e não prejudicar sua dieta, a dica é simples! Opte por fazer o nabo crua ou cozido, com um pouco de temperos naturais do seu gosto, para dar mais sabor ao prato.

Além disso, o seu preparo é bastante prático e ele costuma ficar pronto em poucos minutos.

Leia também => Rabanete – Conheça todos os seus benefícios, propriedades e como preparar

Propriedades e benefícios

Nabo roxo
Nabo roxo. Outro tipo de nabo vendido no Brasil.

O nabo tem uma série de propriedades que merecem atenção especial. Uma delas é sua grande quantidade de fibras, que podem chegar até a 2% em apenas 25 gramas. Além disso, encontramos nele vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina A, cálcio, ferro e magnésio.

Tudo isso em pouquíssimas calorias, apenas 28 em uma porção grande de 100 gramas. Ou seja, podemos afirmar com certeza de que o nabo é um excelente alimento e sua ingestão diária é mais do que bem-vinda.

 Agora vamos entender o que todos esses nutrientes trazem de benefícios comprovados pela nutrição:

– Ajuda no emagrecimento

Obviamente, um alimento com baixas calorias é excelente para ajudar a emagrecer, já que ele previne problemas como compulsão alimentar – frequente em pessoas mais ansiosas por estarem acima do peso.

Mas não são apenas as calorias que podem facilitar a vida de quem está em uma dieta: o nabo também ajuda a eliminar as toxinas do corpo, já que ele é rico em fibras.

 De forma geral, consumir nabo com frequência é sempre uma boa pedida e pode trazer alguns resultados a longo prazo. Porém, não se esqueça que nenhum alimento sozinho é capaz de eliminar o peso e só uma dieta equilibrada e exercícios podem fazer isso.

– Sistema imunológico mais forte

O nabo, além de todos os nutrientes que citamos, também é fonte de antioxidantes, que possuem o papel de eliminar vírus e bactérias do corpo, além de ajudarem o sistema imunológico a funcionarem melhor.

Há, inclusive, inúmeros estudos relacionando o consumo de certos vegetais com a proteção contra o câncer e doenças autoimunes.

Nesse caso, é sempre importante lembrar que a dieta como um todo deve incluir alimentos saudáveis e o nabo é um dos que pode fazer toda a diferença.

– Mais força para os treinos de resistência física

Além de ajudar a emagrecer, o nabo pode trazer muito mais força aos treinos de resistência, especialmente a musculação e outros mais específicos como o ciclismo, por exemplo.

Isso acontece porque ele é fonte de potássio, que por sua vez é um excelente protetor de músculos, ossos e articulações.

Com essa força extra, as dores ficam de fora dos treinos e é possível até mesmo aumentar as séries mais pesadas, de acordo com a recomendação do seu treinador físico.

A dica é consumir um detox de leite com nabo e uma fruta de sua preferência antes de ir treinar ou logo após finalizar a atividade.

– Protege o coração

Esse mesmo potássio que protege os músculos, também protege o coração – que não deixa de um músculo bombeando sangue. Dessa forma, podemos imaginar que o nabo ajuda muito a nos manter saudáveis e com menos riscos de doenças cardíacas.

Há estudos em andamento que relacionam o consumo potássio com a diminuição de mortes por infartos e insuficiência. Mesmo que eles ainda estejam em fase de conclusão, é válido aprender a identificar os principais alimentos que são fontes desse nutriente, como o nabo, por exemplo.

– Saúde gastrointestinal

Por fim, mas não menos importante, temos a questão da saúde intestinal do nabo. Como dissemos mais acima, o vegetal é rico em fibras, tornando-se uma excelente opção para quem precisa perder peso, mas também um ótimo regulador do intestino e do estômago. Com isso, ele pode prevenir e até tratar problemas como gastrite, úlcera, prisão de ventre e outros relacionados à má alimentação.

Consumo de Nabo – Quantidade e Armazenamento

Em geral, o nabo pode ser consumido sem restrições, excesso por grupos de pessoas alérgicas a vegetais.

Em relação à quantidade, não há um limite diário.

Um nabo por pesar em média de 300 a 500g. 

Embora ele seja pouco calórico, algumas adições no preparo como manteiga, por exemplo, podem aumentar seu valor energético, por isso, prefira o consumo cru ou mesmo apenas cozido com poucos temperos excessivamente calóricos e com grande quantidade de sódio.

Sobre seu armazenamento, a dica geral é consumi-lo fresco e armazená-lo na geladeira por apenas alguns dias, no máximo sete se ele mantiver o bom estado nesse período.

Se notar que há alguma deterioração do vegetal, não consuma, pois pode estar impróprio. A melhor opção é comprá-lo no dia em que for preparar.

Leia também => Aipo (salsão): Todos os seus benefícios e melhor forma de consumir

O congelamento no caso de verduras e vegetais não é muito recomendado, por causar perda de nutrientes que são essenciais.

Se for o caso, utilize o nabo batido em algum molho ou sopa ou aguarde até o dia em que for consumir, guardando-o na geladeira em um recipiente fechado.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here